PubliRandon

Transportadora na Europa realiza pedido de 14 Volvo FH AERO elétrico

Volvo FH Eletric na versão AERO. Divulgação: Bas

Os 14 modelos serão entregues entre 2024 e 2025

 A transportadora Cargo Service Europe (CSE) realizou a assinatura na BAS Truck Center para a compra de 14 novos Volvo FH AERO elétricos. O novo pedido foi feito com base na experiencia que a empresa já tem com 4 Volvo FH elétricos. "Escolhemos o Volvo FH Aero Electric devido às boas experiências com os nossos atuais quatro Volvo FH Electric, que são utilizados para serviços 24 horas por dia e cobrem aproximadamente 12.500 quilómetros por mês”, explica Anita Leeijen, CFO da CSE.





 Os novos Volvo FH Aero Elétricos estão equipados com funcionalidades avançadas, como retrovisores digitais por câmeras, novo tipo de faróis LED e eixos com suspensão pneumática. Além disso, são equipados com Direção Dinâmica Volvo e conta com as rodas Alcoa Durabright, o que contribui tanto para a segurança quanto para o conforto ao dirigir. A CSE tem foco total no transporte e armazenamento de latas vazias para envasamento e está comprometido com a sustentabilidade. “Acreditamos em uma frota totalmente eletrificada. Com a experiência que adquirimos, estamos prontos para expandir ainda mais nesta área, incluindo uma extensa infraestrutura de carregamento e processos de negócios adaptados”, afirma Anita.

Martijn Vos (à esquerda) e Bas van Heertum assinam o pedido de 14 Volvos elétricos. Divulgação: Bas


 A mudança para caminhões elétricos traz grandes mudanças na forma como o CSE opera. “Podemos agora aplicar e melhorar as nossas experiências anteriores com veículos elétricos de forma mais ampla, o que melhora a eficiência dos nossos transportes. Por exemplo, concentramo-nos em serviços 24 horas e transporte em veículos pesados”, explica Martijn Vos, proprietário da CSE. Ele acrescenta que a CSE continua inovando com soluções sustentáveis, incluindo o uso de caminhões BIO-GNL.

 Jan Schouten, Gestor de Transição Energética da Volvo Trucks Holanda, acrescenta: “Tornar o transporte rodoviário mais sustentável é um desafio. A transição requer líderes que ousem enfrentar os desafios. A CSE já fez isso há alguns anos, ao mudar toda a sua frota para Bio-GNL. Eles estão agora dando o próximo passo ao expandir com caminhões elétricos na configuração LHV. Com esta compra progressiva, a CSE posiciona-se como líder na transição para o transporte sustentável.”

Postagem Anterior Próxima Postagem