Cabeçalho

Type Here to Get Search Results !

A VOZ DELAS

Caminhoneiros noruegueses também estão tendo problemas com as capas de porcas


Caminhão foi flagrado com assessório em uma inspeção de rotina 

 Há quem acredita que o Brasil é um pais que restringem muito no quesito de personalização. É claro que quando comparamos a outros mercados, vemos que sim temos nossas restrições, porém lá fora também existem certas restrições, por exemplo, nos Estados Unidos os caminhoneiros não podem colocar nenhum tipo de acessório ou enfeito em cima do painel. 
 
 Já na Noruega, a capa de porca do tipo Spike assim como no Brasil também vem causando alguns "incômodos" nos caminhoneiros locais. 
 
 Em uma inspeção de rotina, um caminhoneiro sueco que estava passando pela Noruega foi orientado pelo controle de inspeção a retirar as capas de porca do tipo spike no eixo frontal. De acordo com as informações publicadas pelo site Tungt.no o caminhoneiro não foi multado, mas para continuar teve que retirar o assessório. 




VEJA MAIS:

 
As polemicas no Brasil

 Em meados de 2017, vários caminhoneiros usaram as redes sociais para reclamar de uma possível perseguição da Policia Rodoviária Federal (PRF) em relação a capa de porcas, principalmente a do tipo spike, entretanto segundo o artigo 2° da resolução 426 menciona que "Rodas, seus elementos de fixação e seus enfeites, não devem ter partes cortantes ou elementos protuberantes", ou seja, as capas desse tipo são proibidas. 



 
 É valido lembrar, que a PRF em alguns casos também mandavam caminhoneiros arrancar e faziam multas para as capas de porcas normal, que muitas vezes vinham de fabrica, porém com uma atualização do Contran, que fez a revogação da resolução 246 por meio da resolução 912 permite o uso das capas de porcas, destes que não seja longas, conhecidas como bolivianas e as do tipo Spike.
 
 

Postar um comentário

0 Comentários
* Please Don't Spam Here. All the Comments are Reviewed by Admin.

FPT Industrial